António Lopes Dias

António Manuel Lopes Dias nasceu em Malange, Angola, em 1944.Fez a instrução primária em Luanda e em 1955 fixou-se no Porto, concluindo o curso geral no Liceu Alexandre Herculano. Licenciou-se em Direito pela Universidade de Coimbra em 1968.Exerceu advocacia no Porto, tendo assumido funções de direcção em instituições de Segurança Social desde Dezembro de 1974. Como conselheiro técnico da Organização Internacional de Trabalho, e no âmbito das Nações Unidas, chefiou o projecto de  implementação do sistema de Segurança Social na República de Moçambique, de 1988 a 1993, e de cooperação bilateral com o mesmo país em 1994 e 1995. Prestou assessoria técnica ao Instituto de Segurança Social da República de S. Tomé e Príncipe, em 1995, e à Direcção Geral do Instituto Nacional de Segurança Social de Moçambique. É sócio fundador e foi presidente da assembleia-geral da Associação Portugal-Moçambique.Em 1998, concluiu em Madrid o mestrado em Organização e Gestão dos Sistemas de Segurança Social, e em 2001 e 2013 concluiu as pós-graduações em Direito Penal Económico Europeu e em Economia Social, ambas na Universidade de Coimbra.Publicou, em nome própio“Sobre Escritos”, Papiro Editora, Porto, 2005“País Ignorado”, colecção Nosso Tempo, Editora Centelha, Coimbra, 1973Integrou as seguintes antologias“Antologia da Memória Poética da Guerra Colonial”, Edições Afrontamento, Porto, 2011“Poetas da Centelha”, colecção Explicação das Árvores, Associação dos Jornalistas e   Homens de Letras do Porto, 2001“Poemabril”, Nova Realidade, Lisboa, 1986“No Reino de Caliban”, Editora Seara Nova, Lisboa, 1976“Poesia 70”, Editorial Inova, Porto, 1971“Hiroxima” e “Vietnam”, colecção Nova Realidade, Tomar, 1967 e 1970“Antologia de Poesia Universitária”, Portugália Editora, Lisboa, 1964“Poemas Livres”, volumes 2 e 3, Coimbra, 1962 e 1963Revista “Vértice”, Coimbra (colaboração dispersa)

Obrigado pela sua visita

Antes de nos deixar, subscreva a nossa newsletter e fique sempre informado sobre os nossos livros.