António Miguel

António Gomes Miguel.

57 anos de Lisboa, Ponta Delgada e agora Lisboa de novo.

De Lisboa levei memórias da cidade, os verões de tios e primos no campo atrás dos montes, os exemplos silenciosos de pais trabalhadores e humildes, o curso de medicina recém-acabado. Levei o desejo  intranquilo de uma realidade mais tranquila e cheia de mar. Levei a necessidade enorme de ler e fotografar.

Os Açores deram-me as vivências da medicina, do envolvimento com a cronicidade de hábitos, das doenças respiratórias,  da morte e das diferenças que as vidas podem ter. As pessoas e as suas pessoalidades .

Dos Açores trouxe o mar e o horizonte que me atrai desde sempre. E as viagens, dentro e fora da ilha, fora e dentro de mim tantas vezes.

Dos Açores para a vida trouxe dois filhos.

Depois de muitos anos de muita vida insular, de muita insularidade também, os Açores trouxeram-me Lisboa. E vi renascer a cidade que me vira nascer outrora.

E o que trouxe na alma, no corpo e muito no coração, deram razão e vazão a novas esperanças, conquistas, a mais coragem, a novos sentidos.

É dessa nova realidade que nasce este livro, de uma transição inevitável entre muitos sentimentos e diferentes locais e hábitos.

 

Obrigado pela sua visita

Antes de nos deixar, subscreva a nossa newsletter e fique sempre informado sobre os nossos livros.