António Pisco Carraça

Antonio Pisco Carraça nasceu em 1949, na aldeia da Venda, Alto Alentejo, Portugal. Quando tinha apenas 3 anos de idade, a família emigrou para Angola, dentro de um programa de “colonização” promovido pelo Governo Português da época. Morou inicialmente no colonato da Cela, província do Quanza Sul, onde o pai se dedicava à agricultura, e posteriormente a família transferiu-se para Luanda. Ainda jovem, aos 15 anos, começou a trabalhar na TAAG, empresa aérea de Angola, na área de manutenção de aeronaves, enquanto complementava os seus estudos. Deixou Angola depois da independência, em 15 de janeiro de 1976, aos 27 anos, e desde então reside no Brasil, onde constituiu família. Este livro foi editado reunindo crônicas de eventos significativos, vividos em Angola e que, de alguma forma, estão relacionados com o tema do livro “ANGOLA – lembranças de uma guerra esquecida”.

Obrigado pela sua visita

Antes de nos deixar, subscreva a nossa newsletter e fique sempre informado sobre os nossos livros.