Beatriz Sousa Guedes

Nasceu em Castelo Branco, capital da província  da  Beira Baixa, em 2 de Dezembro de 1946, onde viveu até finais de 1993.

Iniciou os seus estudos, logo bem cedo, na sua terra natal, e, apaixonada pela leitura desde a infância, quando ingressou na Escola Primária  Oficial com seis anos,  já sabia ler e escrever.

 Aos quatro anos de idade declamou o primeiro poema infantil, no Teatro Municipal e, logo com sete, escreveu os seus primeiros contos, pequenos livros, histórias de criança para as crianças da sua escola.

Em 1956 concluiu com «Distinção» o Ensino Primário em Castelo Branco.   

No mesmo ano ingressou no Liceu Nacional D. Nuno Álvares Pereira, tendo concluído o Curso Complementar Liceal, na Área das Ciências,   aos dezassete anos, com «Distinção».

Durante os sete anos do percurso académico, o seu nome figurou  sempre no «Quadro de Honra» do seu Liceu, tendo sido agraciada, por diversas vezes, com o Prémio «Visconde  de Tinalhas», que distinguia, anualmente, o melhor aluno do Liceu.

Em 1964 matriculou-se na Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, mas dois anos depois viria a interromper o Curso,  temporariamente, por motivos pessoais, mudando a sua residência para a Guiné- Bissau, nos finais de 1967, onde viveu três anos.

Durante a sua permanência na Guiné, cidade de Nova Lamego, colaborou, diária e activamente, com os médicos e enfermeiros  locais, tratando os feridos de guerra  e os doentes, distribuindo medicamentos, roupas e alimentos às populações locais, participando sempre em todas as acções de apoio e auxílio, quer na cidade, quer nas aldeias limítrofes,  atingidas duramente, naqueles anos, pela guerra colonial em África.

Em 1971 regressou a Lisboa, reiniciando, de imediato, o Curso de Medicina, tendo concluído em 1977 a sua  licenciatura em  Medicina, na Faculdade de Medicina de Lisboa, com «Distinção»

Em simultâneo, e enquanto estudante universitária, exerceu também a nobre actividade docente, como professora liceal em várias Instituições do Ensino Particular.

Exerceu a sua práxis médica no Hospital de Santa Maria, Hospital Particular de Lisboa, Hospital Distrital de Sesimbra, Hospital Garcia de Horta em Almada, nos Serviços Médico-Sociais, e foi também perita médica no Ministério do Emprego e Segurança Social de Lisboa.

Desde 1986 é médica Assistente de Medicina Geral e Familiar, tendo obtido a classificação de dezoito valores.

Durante a leitura do seu curriculum, o Presidente do Júri do Concurso,  exortou-a  a iniciar a carreira de escritora, citando  algumas passagens, que pessoalmente o tinham comovido, pela linguagem em  prosa  poética utilizada, inabitual, na discrição dos percursos  científicos,  dizendo nas suas sábias palavras, cito «...que este livro seja o primeiro de muitos que venha a escrever  no futuro…».

Desde 1993 é Assistente Graduada de Medicina Geral e Familiar, tendo obtido em 1995 o Grau de Consultora.

Obrigado pela sua visita

Antes de nos deixar, subscreva a nossa newsletter e fique sempre informado sobre os nossos livros.