Fernando Cruz Gomes

2014 – Presidente da República de Portugal atribui-lhe a Comenda da Ordem do Infante D. Henrique. Foi-lhe entregue em Outubro pelo Sec Estado JoséCesário.

2010 – Funda e dirige ABC Portuguese CanadianNewspaper, semanário a sairàs segundas-feiras

2007 – Eleito Presidente da Associação Internacional de Jornalistas. Jornalistas Portugueses a trabalharem um pouco por todo o mundo.

2002 (até 2009) – Redactor do Jornal“Sol Português”.Simultâneamente correspondente da LUSA   até 2007.  Editorialista de CIRV Radio.

1985 – Repórter e locutor apresentador (“anchor”) da CFMT, uma estação de televisão canadiana com programação profissional diária em Inglês, Italiano, Chinês e Português. Promovido a Produtor Associado, reservou para si a secção de reportagem, tendo feito para cima de 5.000 reportagens do dia-a-dia do Canadáe de Portugal. Pediu a reforma antecipada em 1999.

– Práticamente desde 1985, até 2007, correspondente no Canadáda agência LUSA (e da sua antecessora NP).

1975 – No Canadá, fundador e director de jornais comunitários, como“Popular”, “Comércio”, “Mundo”,  ABC Portuguese CanadianNewspaper e“A Voz”.

1976 – Durante cerca de um ano e meio, e enquanto aguarda o processo de emigração  para o Canadá – para onde tinha ido com um contracto provisório de trabalho – faz parte da redacção de“O Dia”e, como adido, trabalhou no Ministério dos Assuntos Sociais. Durante seis meses, locutor da RDP (Radiodifusão Portuguesa).

1968 – Sucessivamente, locutor de primeira classe, locutor-produtor, chefe do sector de informação, programas literários e intercâmbio e chefe do Departamento de Programação da Emissora Oficial de Angola, sendo responsável pelo trabalho de mais de 200 colegas, a maior parte dos quais estão hoje em Portugal, espalhados pelos Jornais, Rádio e Televisão.

!! Simultâneamente, redactor dos Jornais“O Comércio”e, depois, “A Província” (hoje“Jornal de Angola”).

!! Eleito em 1970 presidente da secção de Angola do Sindicato Nacional dos Jornalistas, onde se manteve atéfinais de 1974.

1965 – Depois de uma curta passagem, de novo, pelo Jornal do Congo, no Uige, chefia os Serviços de Produção do Rádio Clube de Benguela.

1963 – Redactor de“O Comércio”, diário de Luanda (Grupo Champalimaud).

1961– Em pleno início da luta armada em Angola, redactor e, depois, chefe de redacção do“Jornal do Congo”. Acompanhou o início da luta armada em Angola.

1960 – Repórter estagiário de“ABC Diário de Angola”.

– Simultaneamente estagiário e locutor de Rádio Eclésia, Emissora Católica de Angola.

1959 – Estágio e primeiros passos no“Primeiro de Janeiro”do Porto.

Obrigado pela sua visita

Antes de nos deixar, subscreva a nossa newsletter e fique sempre informado sobre os nossos livros.