Gil Nunes


   Gil Moreira Nunes nasceu na Madalena, Vila Nova de Gaia, no dia 27 de Maio de 1981. Cresceu num mundo de contas e equações que nunca o seduziu, pelo que aos 19 anos decidiu começar a sua carreira de jornalista no "Comércio de Gaia", entretanto extinto.Por aí ficou até aos 22 anos, altura em que foi recrutado para o projecto "Gaia Global", de criação de uma cidade digital para o concelho de Vila Nova de Gaia. Aos 24 transitou para a Câmara Municipal de Gaia, como redactor em diversos sítios do Município, local onde hoje ainda trabalha como assessor de comunicação.Em paralelo trabalha como jornalista desportivo. Em 2006 foi olheiro do Sport Lisboa e Benfica, tendo um ano depois começado a trabalhar no jornal "Academia de Talentos", como jornalista especializado em desporto jovem.Em 2007 foi convidado, pelo jornal "O Jogo", a escrever uma coluna de opinião semanal sobre a temática e, desde 2011, faz parte do jornal "Notícias do Futebol" como jornalista e analista táctico.Ao nível da literatura, a sua carreira começou em 2006, quando escreveu o conto "Revalutzia", editado pela Lemur, e comercializado em vários cafés literários de todo o país. Seguiram-se, no mesmo âmbito, "Yawp" (Lemur, 2007), "Amo-te Num Saco de Cimento" (Lemur, 2008) e "Um Cocktail em Alcatraz" (Lemur, 2009) e, para teatro, "Filhas do Pecado Mórmon" (Teatro do Frio, 2009).Em 2010 escreveu o seu primeiro romance - "Os Pensos de Fígaro" (Edita-Me, 2011), uma sátira política ao então Primeiro-Ministro José Sócrates. 

Obrigado pela sua visita

Antes de nos deixar, subscreva a nossa newsletter e fique sempre informado sobre os nossos livros.