J. C. Zeferino

Acabou abandonando essas promissoras carreiras e escreveu Zizz e a Mulher em Pó, seu segundo livro. Ganhou dezenas de prêmios e, para sua surpresa, um deles o levou para Londres onde percebeu que escrever estava sendo mais inte-

ressante do que seus outros trabalhos.

            Numa palestra com um Futurista (até então desconhecia esse título) viu que tudo que aquele homem do Vale do Silício falava, estava nas linhas do seu novo livro. Então, agora J. C. Zeferino era além de cineasta, gamer e escritor. Um futurista nerd, amante do cinema e de pipoca com shoyo.

            Zeferino vive no Brasil atualmente e, por essa razão, além de se dedicar a literatura e ao cinema, segue trabalhando também com computadores.

Obrigado pela sua visita

Antes de nos deixar, subscreva a nossa newsletter e fique sempre informado sobre os nossos livros.