Kássio Camir

Um jovem brasileiro amante da arte da vida e de todas as manifestações da inteligência humana, das suas tecnologias e dos seus efeitos em nosso cotidiano, sobretudo, do poder do amor, combustível imprescindível à evolução.

            Enigmáticos são os caminhos que nos conduzem aos encontros e desencontros da vida. Foi assim, que em 2005, ele mudou-se de Campinas-SP para Porto Alegre-RS. Embora, a sua formação não fosse à área de letras ou literatura, ele começou um curso de Arte da Ficção nessa cidade. E nesse momento, o mágico mundo da arte de imaginar, que já era presente em sua vida, mostrou-se como uma possibilidade extraordinária. Ela lhe presenteou com a certeza do que deveria fazer para si e para o mundo.

            Esse homem chama-se Kássio Camir, mora em Campinas-SP, Formou-se em Técnico de Enfermagem, estudou História e estuda Audiovisual na Unip. Ele faz da sua paixão o oficio de escrever ficção e romance. O Beijo Tulke é o primeiro de uma trilogia.

            Entretanto, se deseja mesmo saber quem ele é, leia-o. Pois, as palavras não podem definir, completamente, uma essência pensante, mas as suas obras sim. O que ele sente e sonha podem ser melhor compreendido nas entrelinhas das suas palavra. A ficção, para ele, é uma ferramenta do inconsciente dotada de uma capacidade modeladora, cuja realidade, os nossos olhos não conseguem de todo perceber, é preciso sentir.

            E nós, os sonhadores, como espectadores, buscamos na sua imaginação essas ferramentas, não para estabelecer paradigmas imutáveis e sim para junto da sua arte vislumbrar um horizonte sem fronteiras, daqui desse farol chamado alma: a imaginação desse jovem escritor em palavras. De onde, à névoa do conhecimento, não apenas sente, descreve e pinta, modela as emoções ao  toque sutil do nosso olhar.

            Aproveite!

 

 

Obrigado pela sua visita

Antes de nos deixar, subscreva a nossa newsletter e fique sempre informado sobre os nossos livros.