Leandro Salman Torelli

Natural de São Paulo, capital, Leandro Salman Torelli é Bacharel e Licenciado em História pela UNESP (Universidade Estadual Paulista), Cientista Político pela Escola de Sociologia e Política (FESP-SP) e Mestre em História Econômica pelo Instituto de Economia da UNICAMP (Universidade Estadual de Campinas).

            De saída, a obra reforça duas convicções: i) a importância das Universidades Públicas na formação de quadros profissionais de excelência; ii) a competência de nossos professores de educação básica e fundamental também na produção de conhecimento científico relevante.

            Além disso, evidencia, no contexto da República Velha, o tortuoso caminho das políticas monetária, financeira e cambial brasileiras na busca de construção de relativa autonomia em face dos poderes constituídos.

            Debruçando-se sobre o grupo econômico e político brasileiro mais vigoroso à época - a elite paulista – e valendo-se de fontes históricas de imensurável valor, quais sejam, os debates parlamentares, Torelli vasculha de maneira ímpar as estratégias dos paulistas em relação à manutenção e ampliação da defesa do café, concluindo que no jogo político travado com outras elites regionais, a questão do café foi transformada em “problema nacional”.

            O esforço de pesquisa ora apresentado em “A política econômica da defesa do café: os debates parlamentares (1898-1920)” lança luz sobre três aspectos relevantes da contemporaneidade brasileira: i) o papel do Estado na organização das diretrizes econômicas via investimento e crédito; ii) a atualidade do conflito econômico entre as unidades da federação, sempre iminente; iii) a busca da soberania brasileira na geopolítica mundial, tão desvalorizada ultimamente por governantes áulicos e asseclas. Boa leitura.

 

Obrigado pela sua visita

Antes de nos deixar, subscreva a nossa newsletter e fique sempre informado sobre os nossos livros.