Leopoldo da Rocha

O autor é nativo de Goa onde nasceu (1932) e cresceu. Entrou com apenas dez anos no Seminário de Rachol e concluiuo curso com distinção. O seu Bispo encaminhou-o para Portugal para prosseguir os estudos de Filosofia na recem-fundada Universidade de Braga, mas a intenção do autor era tirar o curso de Letras na universidade civil. Não sendo isto na al­tura possível por falta de equivalência dos estudos, seguiu para Roma onde sedoutorou em Direito Canónico e se licenciou em Ciências Sociais pela Univer­sidade Gregoriana de Roma, na qualidadede aluno do Colégio Português em Roma.A sua tese de doutoramento As Confra­rias de Goa (séc. XVI-XX) – Conspecto Histórico-Jurídico seria mais tarde publicada com o patrocínio da Fundação Gulbenkian (1973). Depois que se formou,regressou a Goa e foi professor no Seminário de Rachol. O seu gosto em colaborarna imprensa manifestou-se desde pequeno. Depois que Goa foi anexada pela Uniâo Indiana manteve durante dois anos no diário em língua portuguesa, único sobrevivente, O Heraldo, uma Página deArtes e Letras mais por amor à língua portuguesa que via em lenta agonia.

Desgostoso por desaparecer a cultura lusa, tomou a decisão de deixar o seu país natal rumo a Portugal. O seu pedidoà Fundação Gulbenkian solicitando uma bolsa de estudo foi prontamente satis­feito. Mas o governo indiano de Goa não lhe facilitava o Visto. Recorreu diretamente à então primeira ministra Indira Gandhi expondo a situação. Em menos de duas semanas foi-lhe concedido o passaporte. Uma vez em Portugal deixou o estado sacerdotal e casou-se, segundo a normada Igreja Católica. Foi Bibliotecário da Faculdade de Medicina Veterinária e nesta profissão reformou-se no topo da carreira, como Assessor principal (BAD). Além da referida Tese de Doutoramento, é autor de:

Catálogo anotado de alguns Reservados da Biblioteca da Escola Superior de Medicina Veterinária (1983)

Henrique Bravo de Moraes e a sua ‘Notícia inédita’ (1979)

Casa Grande e outras Recordações (2008)

Cruz de Guerra e outros textos (2017)

Obrigado pela sua visita

Antes de nos deixar, subscreva a nossa newsletter e fique sempre informado sobre os nossos livros.