Manuel Pinto Nogueira

Manuel Pinto Nogueira, nasceu no dia 19 de Dezembro de 1938 no lugar de Lagareiras, freguesia de Travanca, concelho de Cinfães. Entre outros romances que já tem concluídos, este é o segundo agora publicado, com o título – «A Premonição do Rouxinol». Quanto ao primeiro, foi lançado em Junho de 2005, e diz respeito à biografia de sua família, com o título «São Homens para a Guerra».

Foi profissional de escritório durante 40 anos, tendo exercido, desde os seus doze anos de idade, diversas profissões: empregado comercial do ramo de sapataria, montador 

de gravuras para impressão tipográfica, empregado de armazém de matérias-primas, controlador de assiduidade e de marcação de ponto do pessoal, numa empresa fabril, e, posteriormente, empregado de escritório. Depois de ter concluído o Curso Geral de Comércio, em regime nocturno, foi admitido como aspirante na então empresa pública – Telefones de Lisboa e Porto –, actualmente integrada na «PT» Portugal Telecom. Mais tarde, ainda, nesta mesma empresa, foi promovido a Chefe de Serviço, sendo reformado em Dezembro de 2003 como Técnico Superior Especialista. Após a entrada na reforma, continuou a exercer a profissão de Técnico de Contas até 2005, que vinha exercendo, em regime livre.          

Sempre gostou de escrever textos e contos para os jornais, mas o que mais gosta é de criar novas formas de escrita, que despertem grande  interesse e entusiasmo, excluindo sempre a função monótona. 

Obrigado pela sua visita

Antes de nos deixar, subscreva a nossa newsletter e fique sempre informado sobre os nossos livros.