Marcelino Matos; Ermelinda Gonçalves

Marcelino Matos, nascido em 1956, apaixonou‐se pela fotografia muito cedo: fez a sua primeira reportagem fotográfica ainda antes de completar 12 anos de idade.
Bacharel em Engenharia Eletrotécnica (1983) abraça a carreira de professor ainda nesse ano. Em 2001 licencia‐se em Ensino de Educação Tecnológica e em 2008 conclui a licenciatura em Engenharia Eletrotécnica – Ramo de Sistemas de Energia. Mantendo como atividade principal a docência e fazendo algumas incursões no mundo da fotografia desde 1980:

— em 1995 retoma, de forma consistente, a atividade fotográfica de reportagem; — em 1997 faz a sua primeira exposição fotográfica individual; — e m 1999 participa com sucesso no Curso de Fotografia e Laboratório, orientado pelo fotógrafo João Armando Ribeiro, na Figueira da Foz;

— de 2000 a 2003 é professor residente de Clubes de Fotografia na Esc. Sec. Dr. Bernardino Machado da Figueira da Foz;

— em 2002 obtém certificação no Curso de Fotojornalismo, orientado pelos fotógrafos António Pinto e Susana Paiva na Delegação Regional de Coimbra do Instituto Português da Juventude;

de 2002 a 2004 – frequenta e termina com 18 valores o Curso de Fotografia Profissional, orientado pelo fotógrafo Afonso Alves e ministrado pelo CCC‐Centro de Estudos, da Amadora;

— de 2005 a 2008 é professor residente de Clubes de Fotografia na Esc. Sec. Avelar Brotero, em Coimbra;

— de 2008 a 2011 e em 2015 ministra Cursos e Workshops de Fotografia na Casa do Pessoal do Centro Hospitalar de Coimbra (CHC‐Hospital Geral, Covões);

— de 2008 a 2015 é presidente do Júri do Concurso Anual de Fotografia da Casa do Pessoal do CHC;

— em 2009 faz a apresentação do livro “Essência e Memória- antologia de fotografia contemporânea, Volume I(Chiado Editora) na Loja FNAC, Fórum Coimbra;

— em 2013/14 é professor da disciplina O cinadeFotografia a Alunos com Necessidades Educativas Especiais na Esc. Sec. Dr. Bernardino Machado da Figueira da Foz;

— em 2015 ministra o Workshop de Fotografia na Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Coimbra;

— em 2016 ministra o Curso de Fotografia na Galeria Municipal da Marinha Grande.

Das inúmeras fotorreportagens destacam‐se: Conferência Internacional “A Network for Abilities and Skills of the European Women” em OUT 2013; inauguração, pelo ministro da educação Nuno Crato, da exposição itinerante “A Física no dia‐a‐dia na escola” na Figueira da Foz em MAR 2014; Das várias exposições realizadas salienta‐se, para além das mencionadas na contracapa deste livro, a Exposição Decorativa, com 25 fotos a cores de diversos tamanhos e emolduradas, no Cat Café “Pets & Tea”, em Coimbra, de JUL 2017 a JUL 2018.

Ermelinda Gonçalves

Maria de Almeida Gonçalves , nascida em 1955, sentiu apetência pela escrita desde muito cedo. Apesar da conjuntura da vida a ter levado para caminhos onde os números tomaram primazia, a escrita acompanhou‐a durante todo o seu percurso académico, enquanto vertia para os seus Diários as emoções vivenciadas, as histórias vividas e as sonhadas. A paixão pela escrita fê‐la “juntar e brincar com as palavras” — como ela própria diz — tendo escrito vários textos, por solicitação de terceiros que lhe reconheceram o jeito.

Estudou Contabilidade e Auditoria no ISCAL, tendo ingressado no Instituto de Segurança Social a 1 de Abril de 1974, como Técnica Superior de Contabilidade.
Entre 1988 e 2000, cumulativamente com a sua atividade no mesmo ISS, exerceu funções docentes na Escola Secundária do Lumiar, em horário noturno.

Desde 1992 até à sua aposentação, desempenhou funções de Inspeção e Auditoria para o referido, Instituto de Segurança Social.

Embora os números tenham norteado a sua vida académica e profissional, manteve sempre uma ligação estreita com a escrita. Em 2017, num encontro inimaginável, originado por outra paixão — a fotografia— e após ter comentado, nas redes sociais, algumas fotos do Professor Marcelino Matos, acolhe o convite para traduzir em textos as emoções e os afetos que um conjunto de fotos faz “sentir”, os sentimentos que cada uma faz a orar e as histórias que o conjunto e cada uma de per si suscitam.

Obrigado pela sua visita

Antes de nos deixar, subscreva a nossa newsletter e fique sempre informado sobre os nossos livros.