Marta André

Sou bastante simples, uso demasiadas palavras.

Irrito-me facilmente, dizem que sou bastante calma.

Sei bem aquilo que quero, sempre fui indecisa.

Sou de confiança, desconfio constantemente.

Eterna criança, adoro sentir-me mulher.

Não consigo esquecer nunca, mas há poucas coisas de que sempre me lembre.

A Marta é isto, para além disso, também se licenciou em Ciências Biomédicas e frequenta atualmente o curso de Medicina Dentária. Foi durante este percurso académico que descobriu o amor pela Cruz Vermelha onde faz voluntariado. E foi durante toda a vida que definiu como pilares fundamentais a família e os amigos.

Descrita como sempre muito ocupada e entre tantas outras coisas que aqui não interessam, tudo começou numa quinta-feira de Verão a 7 de Julho de 1994, numa pequena aldeia de Viseu, enquanto adormecia no parto (já se adivinhava o que aí vinha).

Obrigado pela sua visita

Antes de nos deixar, subscreva a nossa newsletter e fique sempre informado sobre os nossos livros.