Nélson Moinheiro

 Nélson Carlos Cabrita Moinheiro, Nasci na minha casa em Silves, Bairro caixa de água no16, a 30 de Agosto de 1982, filho de Carlos Agapito Novais Freitas Moinheiro e Georgina Maria Silva Cabrita Moinheiro, tenho dois irmãos, uma irmã mais velha e um irmão mais novo. Estudei nas escolas de Silves, sempre com um lado virado para o romantismo e outro virado para as línguas, de cedo iniciei a minha vida como poeta com apenas 14 anos, ao entrar para a escola secundária no curso de humanidades, junto com vários amigos criamos um clube de poesia, onde num concurso de poesia sobre o dia da árvore ganhei um terceiro lugar, poema que não era bem a minha área de escrita. No decorrer da minha vida de estudante cheguei a publicar vários poemas no jornal da cidade, onde chamou a atenção de uma locutora da rádio local a minha escrita, e fui convidado para um programa sobre poesia onde tive a oportunidade de ler poemas meus ao vivo, experiencia que me deu valor a mim mesmo e á minha escrita. Não terminei o 12o ano e fui trabalhar como rececionista de hotel, algo que não me fez parar de continuar a escrever e de sempre pensar que um dia poderia editar um livro de poesia, com o único objetivo de que quem lesse um poema meu e se identificasse com uma situação da sua própria vida, ou até o pudesse dedicar a alguém. Hoje passados alguns anos desde o inicio da minha paixão pela escrita sinto-me capaz de escrever e de mostrar meus sentimentos através dela como sempre o fiz, e o mais importante para mim é viver o dia a dia como costumo dizer, hoje deixou de ser hoje pois o amanha é hoje...

Obrigado pela sua visita

Antes de nos deixar, subscreva a nossa newsletter e fique sempre informado sobre os nossos livros.