Pablo Nani


   Percursografia IILogo na primeira Percursografia, Pablo Nani (junto com um cúmulo de percurso) foi uma linha que deu voltas pelo nariz e logo um ponto no meio das sequências da vida. Agora diz-se que ele mudou para uma espécie de rugosidade de nada, quase como um talo velho de uma árvore esquecida; e que, além disso, nos percursos feitos e desfeitos se exprimam livros como "A temperatura dos murmúrios ", catalogado pela crítica como: "Uma sombra de um livro inexistente".Já em alguns momentos de estranha inquietude a rugosidade de nada continua a escrever quando os pássaros abrem as suas asas em procura de liberdade.

Obrigado pela sua visita

Antes de nos deixar, subscreva a nossa newsletter e fique sempre informado sobre os nossos livros.