Padre Costa Pinto

 Nasceu em 1928 na dureza do granito da serra de Montemuro. Aos 12 anos terminou a escolaridade primária na escola da sua aldeia. Aos 14 anos entra no seminário dos PP Redontoristas, em Vila Nova de Gaia. Em Espanha completa o curso teológico.Em 1954, sai da Congregação redentorista, para a sua condição civil. Obteve o diploma de professor do ensino secundário em 1957, dedicando-se ao ensino, particular e oficial até 1993, ano em que é reformado, com 36 anos de serviço e sessenta e cinco de idade.Pelo meio, frequentou a Faculdade de Direito de Lisboa e a Faculdade de Letras, Escreveu no Diário Popular e na Capital e teve debates com o jornal Novidades. Publica o livro "O casamento dos padres" que Censura manda apreedner, apreensão que Marcelo Caetano, a requerimento do autor, anula, com as reparações adequadas. A propósito do voto "sim" no referendo da despenalização da mulher autora de aborto, escreveu "Carta aberta" a todos os bispos portugueses, que certamente receberam. Serviu, como tenente graduado capelão. na Guiné-Bissau.Desde 2003. foi-lhe concedida, por motivo de idade e saúde, a isenção de serviço sacerdotal, nos termos do Direito canónico. 

Obrigado pela sua visita

Antes de nos deixar, subscreva a nossa newsletter e fique sempre informado sobre os nossos livros.