Ramatís

Hercílio Maes, médium de Ramatis, nasceu e viveu em Curitiba, Paraná, por 80 anos (1913 – 1993). Completou três anos do curso de Medicina, que interrompeu por razões de saúde, vindo a formar-se posteriormente em Direito, profissão que exerceu paralelamente à de.Contador.

Aos 30 anos, após ver aflorar sua mediunidade, teve contato com Ramatís, com o qual possuía laços espirituais de remotas eras. Ciente do compromisso de trabalho assumido antes de seu reencarne, passou a psicografar através da mediunidade intuitiva a série de obras de Ramatís, que abrange temas inéditos e despertadores, de fácil receptividade ao leitor por apresentar, de maneira acessível, o conhecimento iniciatico milenar.

Universalista e estudioso das mais diversas correntes espiritualistas, Hercílio Maes foi maçon, rosa-cruz e teosofista. Paralelamente à tarefa de psicografia, foi médium receitista de rara eficiência.

Através da Radiestesia, em que era perito, atendia com o receituário homeopático gratuito centenas de enfermos por semana em um peque no centro espírita de Curitiba. Só aceitava, via de regra, pacientes desenganados da Medicina; os mais necessitados saíam com a própria medicação fornecida por ele.

A legião de casos complexos, exóticos e “incuráveis” resolvidos com assistência de uma equipe de médicos do Espaço, nunca foi mencionada por Hercílio, cujo traço marcante de temperamento e de generosa e a singeleza espiritual com que acolhia a todos e encantava auditórios nas palestras que mesclavam conhecimento transcendental e permanente bom humor.

Deixou neste plano a esposa, (Dna. Eleonora Maes, companheira de todas as tarefas, três filhos (Yara, Zeila e Mauro) e vários netos).

Obrigado pela sua visita

Antes de nos deixar, subscreva a nossa newsletter e fique sempre informado sobre os nossos livros.