Sananda

Sananda

Nasci,

Entre 2 estações 

Numa madrugada  de 1971

As ondas amparavam a queda da folha

Enquanto o Outono fazia uma serenata ao Verão

Sou fogo que apaga, água que incendeia, terra que voa e ar que fertiliza

Não é preciso fazer sentido, desde que me faça sentir

Galopo num coração que se prende ao que me liberta

Pauto-me pela simplicidade, harmonia e espiritualidade como filosofia 

Uma comunicadora que se especializou em terapia transpessoal, rumo às constelações familiares como facilitadora

Fundadora de Projetos de Inclusão Social

Mestre de Reiki e Coach Espiritual

Abraço a vida como autora, e poeta 

Um dia serei escritora

Sou ELA

Enquanto Livre, Amo

Enquanto liberdade, Amarei

Sou o principio, de tudo o que foi fim

Obrigado pela sua visita

Antes de nos deixar, subscreva a nossa newsletter e fique sempre informado sobre os nossos livros.