Sandra Cabrita

Joaquina Lagareiro Franco, Margarida Machado de Almeida e Sandra Maria Mendes Cabrita, Educadoras de Infância com significativas experiências em contexto Pré Escolar (3 – 6 anos de idade) e Primeira Infância (0 – 3 anos de idade), exerceram funções durante alguns anos no Estabelecimento de Educação/Ensino, onde o presente estudo teve lugar.

Três profissionais em educação de infância, formadas pelas Escolas Superiores de Educação de Lisboa e Setúbal, com uma visão humanista sobre o papel do Educador na Sociedade, persuadidas de que a intervenção pedagógica deste, deve centrar-se na singularidade dos seus educandos, nas suas inquietações, emoções e pensamentos e em constante reflexão crítica da sua própria acção.

Sempre numa perspectiva de que não se sabe tudo, ingressam mais tarde, no Complemento de Formação Científica e Pedagógica para Educadores de Infância, com especialização em Primeira Infância, na Escola Superior de Educação de Setúbal.

No âmbito do referido Complemento, estudaram e investigaram a temática “o lugar pedagógico dos cuidados quotidianos”. Tal opção deveu-se, não só ao facto destas rotinas ocuparem a maior parte do tempo de intervenção dos adultos numa creche, mas também por considerarem que integram necessariamente uma intencionalidade educativa. Intencionalidade essa que se traduz em aprendizagens únicas, através das trocas significativas de afecto entre o adulto e as crianças.

Deste estudo nasceu a presente obra.

Mais tarde e, apesar dos percursos terem tomado caminhos diferentes, as autoras consideram que, o segredo está em o educador conseguir colocar-se com autenticidade, ao dispor do Outro e reconhecer que, para existirmos verdadeiramente, sentimos uma necessidade essencial de calor, de afecto, que deve ser reconhecida, entendida e satisfeita.

Obrigado pela sua visita

Antes de nos deixar, subscreva a nossa newsletter e fique sempre informado sobre os nossos livros.