Tânia Ramos

Eu, apenas uma jovem de 24 anos como outra qualquer com o objectivo de ser feliz e vencer ...

Sou um ser humano normal que se quer destacar neste mundo cheio de incertezas e frustrações ...

Eu sempre vivi num mundo pequeno, um mundo só meu, em que a música e a escrita me mostraram o meu verdadeiro “Eu”.

Não sou artista , jamais o serei, sou apenas um pedaço de mim que nunca mostrei ...

Sou fruto de uma noite de amor, entre dois corpos perdidos, dois corpos vividos, dois corpos assumidos!

Neste pedaço de papel me solto, me envolvo, livre de culpas e arrependimentos ...

Minha alma demonstra todos os sentimentos!

Seja em forma de textos, poemas, rimas ou citações...

O importante são as palavras, as letras, as emoções ...

“Reticências”, aqueles três pontinhos (...) que nada fazem mas tudo dizem, seja antes do  inicio de uma palavra, ou no suposto fim de uma frase...

Não sei de onde vim, nem sequer sei pra onde vou...

Sei que estou aqui e é assim que sou!

O que transmito no  papel, é tudo que mais tenho de verdadeiro ...

Leal, amiga fiel .. Por muito sofrimento que tenha, não sou cruel.

Amo profundamente, entrego-me e entrego a minha alma, vivo a vida e cada momento, amo e amo incondicionalmente!

Nem a chuva nem o sol me impedem de viver, todos os dias são diferentes, e estamos cá para aprender.

A liberdade é a minha fonte de água corrente, é a minha energia renovavél, ela me faz feliz e me torna saudavél!

Obrigado pela sua visita

Antes de nos deixar, subscreva a nossa newsletter e fique sempre informado sobre os nossos livros.