A minha fuga de Angola - do que ficou ao que trouxemos de África
€11,00   Papel

A minha fuga de Angola - do que ficou ao que trouxemos de África

Sinopse

Eram tempos difíceis. Muitos foram os que - contrariados - tiveram de abandonar tudo: casa, carro, trabalho e até familiares.
A pós-independência de Angola, em 1976, deixou todos preocupados com o futuro. Alice não ficou indiferente. Era uma jovem de 20 e poucos anos, recém-casada e feliz com o meu marido Fernando.
Angola, queria-se libertada e muitos se uniram, em forças diferentes, para o fazer.

A FNLA (Frente Nacional de Libertação de Angola), a UNITA (União Nacional para a Independência Total de Angola) e o MPLA (Movimento Popular de Libertação de Angola) lutavam pela supremacia. No meio desta luta ficavam os que queriam a calma e a paz a que antes estavam habituados.Num dia meramente simples, Fernando e Alice perceberam que tinham que se fazer ao caminho. Numa coluna de carros, que transportavam tantos como eles, o casal percebeu que havia deixado tudo para trás e que não sabia quando voltaria - ou se voltaria.
Durante a viagem, Alice recorda aquela última visita a cada repartição da casa. Angola estava para trás. Restava ir para Portugal. Partir e começar do zero.Um testemunho verídico que retrata a realidade vivida por tantos e tantos portugueses.Amélia Meireles estreia-se no romance, tendo já outros trabalhos literários pensados.

Obrigado pela sua visita

Antes de nos deixar, subscreva a nossa newsletter e fique sempre informado sobre os nossos livros.