Antimatéria
€14,00   Papel

Antimatéria

Sinopse

AρХóç...ΔƐivóç...

Sou o imperador deste mundo só meu...
Não chores por mim, pois não curas
As feridas da minha alma.
Nem mesmo essas lágrimas divinas que tudo saram
Cicatrizam este vil ser a transbordar de desalma.

Tento gritar, mas só a mental tinta flui...
Quero luz, mas em mim só a treva alunou...
É ressonante a voz que me diminui...
Ao Além o papiro que me escutou...

Tento esquecer-me do que fui.
Tento esquecer-me do que sou.
Tento esquecer-me do que sempre serei:

Quasar longínquo, cada vez mais distante...

Obrigado pela sua visita

Antes de nos deixar, subscreva a nossa newsletter e fique sempre informado sobre os nossos livros.