Entre a caneta e o papel
€10,00   Papel €5,00   Ebook

Entre a caneta e o papel

Sinopse

"(...) É com a manifestação poética, enquanto convite à transcendência, que nossos sentidos reacendem para a percepção da beleza das riquezas e mazelas nossas de cada dia; para a grandeza de exercitar a gratidão e de fazer vibrar a criatividade original da mental intuição, pathos virtuoso e iluminado de permutas simbólicas altamente construtivas, ou seja, diálogos, emoções, crenças, pensamentos e interações que a consciência humana comunica, compartilha, sem pretensão de reter para si, de se vangloriar, ou de tudo saber, viabilizando as mudanças imprescindíveis ao progresso. (...) "

(DO AUTOR)

' (...) Dotado de visão macrocósmica, para ser apreendido universalmente, o poeta Pietro faz fruir em muitos de seus textos um especial liame de empatia sincrônica entre criador e leitor, e as palavras se doam ao poeta com generosidade e em forte jorro de ideias, mensagens, como se, algumas vezes, a própria mão não acompanhasse a velocidade com que deva materializá-las no papel. (...) o autor aqui enaltece e dignifica o ato da escrita poética; também de mostrar o poder da poesia em acorrer a todas as circunstâncias da vida, em HÁ POESIA PARA TUDO, BANQUETE DE POESIAS e A ORDEM ZEN. (...) Pietro Costa apresenta nesta obra de estreia um estilo conservador, e em boa medida erudito, fortemente prestigiador de um vocabulário jurídico, resultante da formação acadêmica na área do Judiciário e do exercício laboral. Tem ótimo domínio do vernáculo, prevalecendo os textos prosaicos, e o inconformismo com as graves contradições do seu tempo é marca constante do seu lirismo. (...) "

(RONALDO ALVES MOUSINHO, prefácio)

 

 

 

Obrigado pela sua visita

Antes de nos deixar, subscreva a nossa newsletter e fique sempre informado sobre os nossos livros.