Estrelas Vadias
€9,00   Papel

Estrelas Vadias

Sinopse

“João Sevivas, um homem, um poeta, um criador de imagens vivas, utiliza a linguagem rítmica na partilha de si com os outros, com o Universo”,

Dr. Mário Nunes

 

“Em determinados trabalhos poéticos, João Sevivas, tal como Sócrates, comporta-se como um moscado que “ espicaça as consciências adormecidas no sono fácil das ideias feitas”,

Dr. Ângelo Rodrigues

“Poesia polvilhada de mensagens de dimensão universal, sussurrando-se um hino ao Ser e à Vida. João Sevivas potencia a realidade na palavra e com a palavra...Com profundo sen- timento humano, o poeta é genuíno nas gradações que imprime aos seus poemas. Poesia de forte impacto social, reservando-se ao mundo que povoa e sente, João Sevivas é o poeta que reinventa o futuro, sentindo o universo e a terra, como um colectivo individual de cada ser humano”,

Dr. Cristina Correia

“João Sevivas, Poeta, Ensaísta, Contista, Teatralista, Advogado e muito mais...com várias obras editadas, ser multifacetado, procurando nos meandros poéticos as razões da sua e nossa existência...e, se toda a Arte é um testemunho do seu tempo a Arte de João Sevivas deixará marcas intemporais do seu Sentir na Lusa memória colectiva, assim acreditamos”,

Prof. Dra Alice Tomé

“É uma poesia cúmplice, que nos agarra, que nos identifica com uma original forma de escrita, directa, aguda, sem artifícios, transparente como as verdades em que se alicerça”,

Daniel Gouveia.

“...A palavra com João Sevivas ganha vida espiritual, magia, dimensão mitológica, surgindo- nos em rituais redentores, resgatando as almas receptivas, avisando as distraídas, embelezan- do todas, com espirais de interioridade genuína, pura na sua emoção e sobretudo de uma be- leza lírica só ao alcance de grandes poetas, POETAS QUE SÃO.

Obrigado poeta que escreves com o teu sangue a epopeia da intimidade humana, defendendo a liberdade com poesia não redutora, mas de horizontes, no limite do paradoxo de quimeras e de verdade, como só tu podes conseguir. Não seria necessário dizer mais, bastaria escrever. A POESIA DE SEVIVAS SIMPLESMENTE É,!”

Von Trina, Poeta

Obrigado pela sua visita

Antes de nos deixar, subscreva a nossa newsletter e fique sempre informado sobre os nossos livros.