€10,00   Papel €3,00   Ebook

No Cantinho do Arco-iris

Sinopse

Quando adormeço, surge a imagem de um céu estrelado e de um caminho iluminado pelo luar. A noite parece estar fria. Os três cavaleiros seguem, lado a lado, a um passo rápido e em silêncio. Mas eu oiço-o! Oiço o seu pensamento, como se falasse apenas para mim.

Olá Pequenina!

Vi que recebeste o meu presente! Não te preocupes, amanhã de manhã elas estão de volta e ficarão para sempre junto a ti.

Não pude esperar por vocês. A Aldeia da Planície teve um problema com as chuvas e é preciso ir ajudar a reconstruir as casas e o dique principal, que ficou desfeito. Espero que acompanhes a Aura até lá.

Dorme bem Pequenina! Dorme com a certeza que me acompanharás esta noite.

*

Os meninos já dormem a sono solto, quando consigo finalmente adormecer.

Ouve-se o som de água a correr, que se mistura com o burburinho agitado e confuso dos meninos.

- Alguém tem de segurar o outro lado! - grita um menino de cabelos compridos.

- Não! É muito perigoso! - grita Filipe.

A estrutura do novo dique está espalhada no leito do rio. Os meninos, encharcados e cansados, olham desanimados para ela. Depois de dois dias de trabalho, a força da água destruiu a estrutura de madeira que estava a ser montada.

- Não vale a pena! Não vale a pena! Não vamos conseguir! - grita Filipe, enquanto se afasta frustrado.

- Partimos amanha de manha. - diz o guardião mais baixo - Ele tem de parar e de se afastar!

- Filipe, o problema foi a força da água. Estávamos a fazer tudo de acordo com o plano.

- Eu tenho de sair daqui. - diz Filipe.

Desperto com a imagem de um olhar perdido e desesperado.

Obrigado pela sua visita

Antes de nos deixar, subscreva a nossa newsletter e fique sempre informado sobre os nossos livros.