O turismo no Estoril dos anos 30: Modernidade, Glamour e Propaganda
€17,00   Papel €3,00   Ebook

O turismo no Estoril dos anos 30: Modernidade, Glamour e Propaganda

Sinopse

Do reinado de D. Luís I aos exilados da Segunda Guerra Mundial, a história do turismo em Cascais revela uma desconhecida riqueza: não se recordariam hoje espiões nem exílios, se o destino Costa do Sol não cativasse já por atracções, equipamentos e acessibilidades modernos. Abordar-se-á o binómio entre a bolha multilingue que os requintados palcos de lazer no Estoril disponibilizavam em oferta desportiva, cultural e lúdica, e a manipulação orquestrada pela Política do Espírito salazarista ao nível de tradições e paisagens costeiras, na sede concelhia.

                        Esta obra desvenda, assim, a transversalidade da actividade turística, aflorando temas de incidência política, social, urbanística, sanitária, desportiva, cultural, tecnológica e promocional, com práticas de planeamento, promoção e acolhimento turísticos similares às contemporâneas. Focado no eixo costeiro Estoril-Monte-Cascais, este estudo recorda como se transformou um pinhal numa estância-recreio para as elites (com destaque para britânicos no Inverno e espanhóis no Verão), graças ao labor de vultos como Fausto Figueiredo, Guilherme Cardim, Armando Vilar, António Rodrigues Cardoso, Manuel Ávila Madruga e Manuel Marques Mata, entre outros.

Obrigado pela sua visita

Antes de nos deixar, subscreva a nossa newsletter e fique sempre informado sobre os nossos livros.