Vidas Consumistas
€21,00   Papel €5,00   Ebook

Vidas Consumistas

Sinopse

Uma criança no auge de seus dez anos começa a sentir os sintomas de uma vida adulta em contraste com a sua vida de infância. O menino sente uma transição de fase e o distanciamento dos pais que, embora no início não deem muito atenção a ele, aos poucos vão estreitamen­to a relação de proximidade e o leva a compreensão de uma vida diferente daquela que até então vivera. O garoto na relação com os pais, sua professora, sua tia, seus co­legas e sociedade que vivia aprende novos conceitos da vida, como responsabilidades, prazos, produção, trabalho, individualismo, sustento, preços, mercadorias, concorrên­cias, bens, dinheiro, prazeres, prosperidade, publicidade, propaganda, interesses, lucros, prejuízos, desperdícios, cultura, sociedade, experiências, economia, desejos e de­mais conceitos muito frequentes da vida adulta. À medida que o menino amadurecia em sua compreensão via tudo atrelado ao modelo consumista de vida. O garoto passa a conceber a vida em torno do consumo e o romance se divide em quatro consumos principais (capítulos): do tem­po, dos preços (bens), da fama (publicidade e propaganda) e o dos recursos naturais (meio ambiente). Entre o viver o presente (infância) e o futuro (fase adulta) ele reclama pela participação incisiva dos pais na fase de sua infância e demais momentos importantes de sua vida, inclusive com a ajuda de sua tia. Embora a estória não aponte para um antagonista específico, durante vários momentos a criança vê antagonistas da sua “liberdade” de infância, cuja vida é vista com mais simplicidade.

Obrigado pela sua visita

Antes de nos deixar, subscreva a nossa newsletter e fique sempre informado sobre os nossos livros.