Violeta foi para o Céu
€14,00   Papel

Violeta foi para o Céu

Sinopse

O disparo deve ter-se ouvido ao longe. Ou talvez não. A pistola era de baixo calibre. O drástico fim de todos os seus tormentos. Drástico. Como ela gostava das coisas.
Através desse pequeno orifício esvaiu-se a sua vida. E com ela, os pássaros azuis e vermelhos, disse Atahualpa, o meu velho mestre; já não havia mais espaço para eles na sua alma. Através desse pequeno orifício ficou para a história. Como sempre, a recalcada história de que os artistas devem morrer para ser plenamente reconhecidos.
Mãe fundadora de povos, muito moderna para o seu tempo, em permanente progresso e movimento. Os homens temiam essa força avassaladora com que transitou pela vida. Por esta razão protelavam, aproveitavam-se e mentiam-lhe.
Obstruíam-lhe o caminho com dificuldades porque ela era livre, ousada, corajosa. Insolente, é certo, com aqueles que o mereciam.
Na minha memória está guardado, como um tesouro enterrado noutros tempos, o que quero contar. Simplesmente vivências e recordações. Momentos de privilégio da mão da minha mãe, em tanto filho homem. Único.
As declarações de amor são válidas no momento em que se oferecem. Estas são as minhas.
Ángel Parra

Obrigado pela sua visita

Antes de nos deixar, subscreva a nossa newsletter e fique sempre informado sobre os nossos livros.